UFC INICIA PIRF NA ZEIS BOM JARDIM

Publicação 26/08/19 13:09; atualização 26/08/19 13:55

A primeira etapa do Plano Integrado de Regularização Fundiária (PIRF) consiste no diagnóstico participativo. A metodologia utilizada é a Cartografia Social através da qual os conhecimentos dos moradores sobre as comunidades onde vivem vão ser representados através de mapas. A agenda de trabalho inicia esta semana.

Equipe da UFC e mobilizadores da ZEIS se preparam para Cartografia Social. Foto: Rogério Costa

Depois de providências preparatórias, esta semana a equipe da UFC responsável pela elaboração do PIRF estará em campo. Na quinta-feira, dia 22 de agosto de 2019, à tarde, no auditório do Centro de Defesa da Vida Herbert de Souza, a geógrafa Adryane Gorayeb, da equipe da geografia da UFC responsável pelo diagnóstico participativo da ZEIS Bom Jardim, Pici e Poço da Draga, esteve reunida com mobilizadores sociais da ZEIS Bom Jardim para apresentar detalhes da cartografia social – metodologia que transformará os conhecimentos dos moradores sobre suas comunidades em mapas.

Pela equipe de Políticas Públicas, responsável pelo plano de participação social do PIRF, a professora Reselane Almeida, em conjunto com o professor Williams Lopes, da equipe de ciências sociais, aproveitaram a ocasião para realizar o pré-teste do questionário que será aplicado junto aos moradores e complementará o diagnóstico participativo. Para isso, contaram com a colaboração de Valdiana Oliveira e Larissa Ferreira, ambas do NAGEP – UFC, e Natasha Matos, do LEPEC – UFC. Completaram a equipe da UFC presente à reunião o arquiteto Ruy Rolim de Souza, Fabiano Farias e Ana Alice de Sousa, que colaborarão nos trabalhos do PIRF.

AGENDA PIRF ZEIS BOM JARDIM

Uma sequência de três encontros por região da ZEIS vai acontecer esta semana para elaboração da cartografia social e aplicação de questionários com moradores da ZEIS Bom Jardim. É importante que moradores que conhecem as comunidades, assim como professores e trabalhadores da saúde, lideranças locais, jovens atuantes, conselheiros e mobilizadores, participem e colaborem para que os mapas sociais representem a comunidade que temos e a comunidade que queremos.

Confira os dias e locais das oficinas de cartografia social:

COMUNIDADE: NOVA CANUDOS, NOVA ESPERANÇA E PARQUE SÃO VICENTE (final da linha)

DATA: SEGUNDA (26), QUARTA (28) E SEXTA (30) – HORÁRIO: 15 horas.

LOCAL: Centro Popular de Educação e Cultura Pé no Chão (CPEC) – Rua Alves Bezerra, 708.

Nesse local os mobilizadores serão Ivan e Dedé. Moradores de Nova Canudos, Nova Esperança, próximos da Escola Osires Pontes e da Escola de Tempo Integral Alexandre Rodrigues de Albuquerque, ou CRAS Canindezinho, podem se dirigir ao local, a partir das 14 horas.

COMUNIDADES MARROCOS, PANTANAL, MUTIRÃO NE DA URUCUTUBA, PANTANAL, PAZ E PARQUE SÃO VICENTE (próximo ao Conjunto Tia Joana).

DATA: TERÇA (27), QUARTA (28) E QUINTA (29) – 14 horas

LOCAL: Igreja Evangélica Nova Missão – Rua Maria Núbia Araújo Cavalcante, 328, quase esquina com a rua Maranguape, próximo ao Campo do Imperial, no Marrocos.

Neste local os mobilizadores são Andressa, Brena, Erlando, Carla, Jéfferson e Ione. Quem mora próximo à escola Herbert de Souza, ao Conjunto Tia Joana, à rua Urucutuba, ou nas comunidades Marrocos, Pantanal, Mutirão NE da Urucutuba, Paz e Parque São Vicente

COMUNIDADE DO PARQUE SANTO AMARO

DATA: QUARTA (28), SEXTA (30) E SÁBADO (31) – 14 horas

LOCAL: Salão Paroquial da Igreja São João Batista, na rua A, s/n, Praça do Santo Amaro.

Neste local os mobilizadores são Weiny e Yago. Os moradores do Parque Santo Amaro e adjacências devem comparecer.

ETAPAS DO PIRF DA ZEIS BOM JARDIM