TRABALHOS ACADÊMICOS SOBRE A ZEIS BOM JARDIM SÃO APRESENTADOS NO ENAMPUR 2019

Publicação 27/06/19 22:30

Clarissa Freitas, Naggila Frota, Mariana Quezado e Rogério Costa produziram artigos e/ou participaram de sessão especial refletindo sobre Planejamento Insurgente, Direito à Cidade e outros conceitos a partir da experiência de atuação na ZEIS Bom Jardim e no Parque Lagoa da Viúva, no XVIII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ENANPUR), sediado em Natal (RN) de 27 a 31 de maio de 2019.

Mesa no Enenpur - Natal, 2019.

ARTIGOS PUBLICADOS EM ANAIS

1 - COSTA LIMA, M. Q. ; FREITAS, Clarissa Figueiredo Sampaio; ARAÚJO, R. C. OS SEM ENDEREÇO: A desinformação urbanística na ZEIS Bom Jardim e novas possibilidades de construção da cidadania urbanística. In: XVIII Enanpur, 2019, Natal. Anais do XVIII Enanpur, 2019. p. 1-15. disponível aqui [http://anpur.org.br/xviiienanpur/anaisadmin/capapdf.php?reqid=541]

2 - FROTA, N. ; Freitas, Clarissa Figueiredo Sampaio . ENTRE O CENTRO E A PERIFERIA O planejamento insurgente dos movimentos socioambientais de Fortaleza. In: XVIII Enanpur, 2019, Natal. Anais do XVIII Enanpur, 2019. p. 1-44. Disponível aqui [http://anpur.org.br/xviiienanpur/anaisadmin/capapdf.php?reqid=1618]

SESSÃO ESPECIAL

Uma sessão especial foi realizada com a participação da professora Clarissa Freitas que apresentou nesta ocasião a experiência de luta da comunidade Nova Canudos pela garantia de permanência do Posto de Saúde Abner Cavalcante Brasil na comunidade. O posto foi ameaçado de ser desativado pela prefeitura de Fortaleza em 2013. O caso serviu de exemplo para a discussão sobre planejamento insurgente através de práticas informais de habitantes de Fortaleza – Brasil.